Category: Fogão da Lu (page 1 of 3)

Tacos de Camarão à Milanesa na Pale Ale

Nossa! Sei que tem bastante receita com cerveja nesse blog… Ops! Essa daqui foi daquele mesmo dia que eu fiz o dip de feijão como aperitivo para visitas queridas. Esta também aprendi com aquela blogueira que super sigo (e quero se que nem ela um dia hahaha), a “The Beeroness“. O nome dessa receita no blog dela é ainda mais complicado que o meu, portanto vamos ficar com esse nome aqui mesmo tá? 😉

Gente, pra mim é algo muito simples. Falou camarão, ou falou taco, ou falou pimenta, tô dentro. Falou os três juntos? Tô mais dentro ainda! Amo camarão!!! Agora, já aviso que usei camarões congelados e portanto tive algumas dificuldades pois eles não descongelaram 100% antes da gente começar a preparação (por mais que tentei!). Eu recomendo que utilizem camarões frescos, e da próxima vez que fizer esta receita, farei isso com certeza! Por isso, talvez repita a receita lá em Floripa, quando for visitar a família e as amigas. Que tal? Cobaias manezinhas disponíveis? :)

Serve: 4 pessoas

Continue reading

Cebola Caramelizada na Cerveja

Esta cebola caramelizada foi uma meio que invenção que fizemos na hora para o Burger Fest da Lu, e daí acabou ficando tão gostosa que usei em mais receitas. Tinha prometido lá atrás que iria fazer um post só pra ela, e aqui está! Ficou delicioso no hambúrguer, e depois também num filé acebolado. Eu adoro a combinação de doce com salgado, e esta cebola é bem assim mesmo. Tem uma combinação de mel com shoyu, cerveja, e temperinhos. Tudo junto acabou ficando gostosinho, mesmo no improviso! :) Como a primeira vez, a vez que sem querer ficou irada, fizemos ela com cebola roxa, decidimos manter essa ideia. Apesar disso, gostaria de testar também essa receita com aquela cebola mais doce, branca e grandona, sabe? De vez em quando vejo ela no hortifruti, e acho que ia casar com esta receita… O que acham? :)

Serve: 4 bifes ou 4 hambúrgueres, ou até 8 mini hambúrgueres!

Continue reading

Dip de Feijão Preto e Porter

Ueba! Mais uma receita deliciosa da querida “The Beeroness“… Chamei um pessoal aqui em casa e comemos várias receitinhas dela. Estou querendo fazer esses mini-eventos de comida com mais frequencia, então vou precisar de cobaias, hein? Posso dizer que as receitas todas ficaram uma delícia! Apesar do nome super complicado, em inglês “Porter Black Bean Dip“, ela é super muito fácil, e dá pra usar como molho ou como dip para nachos e torradinhas. No dia foi um aperitivo básico (rs) e comemos com uns Doritos. Só que até reaproveitei no dia seguinte, como vocês podem ter visto no Facebook, e usei como um molhinho em cima de um taco de carne moída.

Como várias das receitas, tivemos que dar aquela improvisada, por questões de o que achamos no super ou o que tinha por perto. Ela fala para usar um queijo chamado ‘cotija’, um queijo duro mexicano que fica esfarelado. Isto não é muito fácil de achar, apesar de eu não ter corrido super atrás também, mas pesquisei e descobri que pode ser utilizado um queijo parmesão ralado como substituto, apesar de eu ter certeza que não fica tão bom quanto o original. O coentro fresco também tava em falta, daí acabei comprando um daqueles desidratados. Também diminuí a quantidade de jalapeños que a receita pede, pois os que tinha aqui em casa são em conserva, e estão bem mais fortes do que o normal.

Outra coisa, não achei nenhuma ‘Porter defumada’ no super, mas já mostro pra vocês qual que usei!

Serve: 4 pessoas.

Continue reading

Chilli Improvisado

Tá, mais ou menos improvisado! Rs.. Digo improvisado porque escolhi algumas coisinhas no super, e fui fazendo sem receita. Nunca achei a receita perfeita de chilli, mas depois de muitas tentativas, sinto que cada vez chego mais perto do ‘meu’ chilli perfeito. Digo o ‘meu’ porque não necessáriamente é o mais mexicano do mundo. Nem o mais americano. Sei lá, eu amo chilli, amo a carne moída e acho que todo bom chilli tem bastante feijão. Confesso que nisto até pequei, deveria ter comprado duas caixinhas de feijão, e não só uma! O difícil aqui é conseguir o feijão vermelho que eles usam lá, mas daí a gente improvisa né? rs.

Aproveitamos o clima de Copa do Mundo, e como decidimos ficar em casa no jogo Brasil vs México, eu achei que nada mais justo do que comer um prato mexicano neste dia. Gostaria de fazer isto para todos os times que o Brasil enfrenta, mas confesso que o tempo não deixa. Vou ver se não invento algo para Brasil vs Chile no sábado, se conseguir, aviso pra vocês! 😉

Agora vamos pro que importa!

Serve: 4 pessoas

Continue reading

Steak com Pimenta

Quando peguei o livro da Larousse pra procurar alguma receita interessante pra um filé mignon, não achava que ia acabar tendo uma emoção que nem esta. Eu acabei flambando uma coisa pela primeira vez na vida! Foi pura emoção gente, vocês não estão entendendo! hahahaha! 😀

Fiquem ligados que para ter esta emoção, é melhor tirar tudo que for inflamável de perto do fogão. Sério. Ainda bem que minha prima amada estava aqui comigo e daí me lembrou de tirar o pano de prato que estava pendurado na tampa do fogão. Além disso, ela foi a minha super cobaia do dia! Obrigada Helena por ter tido coragem de provar minha primeira tentativa de algo flambado. 😉 O Tiago também estava aqui pra provar, claro, já que é o meu cobaia mor. Pra acompanhar, eu fiz uma coisa de sempre. BATATA. Bem, batata rústica no forno.. Nem fiz as fotos e nem fiz receita, pra não encher vocês de batata até não aguentarem mais. Pelo menos, essa prima é do lado alemão e também tem uma paixão pela batata. Ufa! 😉

Serve: 3 – 6 pessoas (dependendo da fome) Continue reading

Batata Idaho

Oi pessoaaal! Estão com fome? Nossa, só de rever as fotos deste post, eu já fiquei. Adorei esta batata, é muito gostosa e é uma refeição. Além de refeição, também pode ser um acompanhamento, daí vai da fome de cada um. Aqui em casa, a fome sempre é grande, então acabamos comendo ela como acompanhamento de um bife. Eu estava lá fuçando receitas no Pinterest e achei esta daqui, do “The Domestic Mama & The Village Cook“, e decidi colocar em prática! É super fácil de fazer, e apesar de ser para o café da manhã, de acordo com o site, pra gente não foi bem assim. Comemos no jantar, e foi bem gostosa mesmo.

O necessário seria uma batata no forno. Neste caso, eu simplesmente reproduzi o método da ‘Baked Potato‘ que já fiz por aqui. Sigam as instruções até o ponto do microondas, quando ficar pronta, daí não abram ela. O próximo

Ok, reparei também que duas de cada três receitas do Fogão envolvem batatas. Eu sei! É o meu sangue alemão falando mais alto! Amo batataaaas! Tudo com batatas. hehehe 😉

Serve: 2 pessoas (1 batata por pessoa) Continue reading

Lasanha Gratinada

De vez em quando a gente precisa daquele prato gostoso, gordo pra caramba, cheio de massa e queijo. É aquela comida que faz a gente lembrar da casa da vó, ou da tia, ou da mãe. Que dá um certo conforto delicioso pra um dia que talvez não foi tão bom, ou que tá friozinho, ou que a gente só tá mesmo é morrendo de fome. Para estas horas, eu sou muito fã de uma lasanha. Essa daqui eu peguei daquele livro que já falei algumas quantas vezes, e que falarei ainda mais pois sempre me dá boas receitas, o da Larousse.

Vamos combinar né pessoal, lasanha é altos rango gostoso, sustenta, e deixa a gente super tranquilo… Pelo menos eu 😀

Agora, outro assunto, por acaso o que acham de eu fazer um vídeo na cozinha, explicando o passo a passo de uma receita? Foi uma sugestão de uma amiga minha e tô pensando seriamente nisso. Não sei se tenho o jeito pra falar na câmera, mas se vocês acharem interessante também posso tentar! :)

Serve: 4 – 6 pessoas Continue reading

Mini-Tortinhas de Maçã

Gente essa receita eu não achei… Na verdade, eu vi este Pin aqui (que está no meu Pinterest Board de comida, pra quem quiser ir lá dar uma olhada nas receitas que eu sigo), e daí por ter sumido o link da receita sei lá porque, eu decidi inventar! :) Só peguei a ideia do visual da tortinha e segui adiante. No caso, como não teria tempo pra fazer a massa de torta, pois foi tudo naquele mesmo dia do evento, decidi utilizar massa de pastel fresca, que comprei no supermercado. Tem umas que são em rolo, que é bom porque daí dá pra aproveitar a massa ao máximo! A foto da finalizada que eu fiz lá no evento não ficou tão bonita quanto as primeiras que tinha conseguido assar em casa (mas que nem deu tempo de bater as fotos!), porque acabei colocando as tortinhas num forninho elétrico lá e elas até queimaram um pouquinho. É uma pena, mas mesmo assim ficaram super gostosinhas e fofinhas. Não é a receita mais fácil do blog, pois tem que cortar toda e ir montando as coisas devagarinho, mas o resultado é muito show, e o recheio é bem tranquilo também. Eu estou doida para fazer mais vezes essas tortinhas, com mais calma e em casa. Prometo colocar mais fotos quando for reproduzir elas novamente, e com medidas mais corretas (pois aqui o importante era quantidade, e daí as medidas ficam todas meio loucas, né?) 😉

Não se esqueçam que serão necessárias forminhas para cortar as tortinhas. Elas podem ser de biscoito mesmo, foram as que eu usei! :)

Serve: ??? Continue reading

Batatas Rústicas com Sal e Vinagre

Por ser mega fã de chips de sal e vinagre, algo que nunca consigo achar por aqui, quando fizemos o Burger Fest da Lu eu decidi testar uma receita para reproduzir esse fantástico sabor. Acontece que o vinagre que normalmente dá esse sabor é o vinagre de malte. Isso é também mega difícil de achar aqui, então usei uma outra opção de vinagre, que tinha na receita. Vinagre branco, tava escrito lá, e eu não sei bem o que era isso, então usei vinagre de alho. Diga-se de passagem que vinagre de alho é uma delícia! Essa receita é super fácil, primeiro tem que ferver a batata até ficar bem macia, e depois é só largar no forno por um bom tempo até a batata ficar crocante. Daí dá tempo de seguir adiante com os hambúrgueres à vontade! Mas também pra quem não está afim de hambúrguer, esta batata pode ser acompanhamento pra várias coisas, sem problemas… É só inventar! 😉

Estas batatas fizeram bastante sucesso, tanto que na hora do terceiro hambúrguer, por mais batatas que tenha feito, já nem tinha mais pra acompanhar!

Serve: Oito pessoas gulosas

Continue reading

Wrap

Pessoal, este daqui foi o ‘prato principal’ do evento ‘é tudo garimpo’. Nós fomos montando na hora os wraps, quando as pessoas vinham pedir pra gente. Isso rolou mais tarde no evento, quando já tinha dado tempo de dar fome na galera! 😉

A gente fez massinhas pros wraps, mas no final acabamos tendo que comprar pão sírio pra continuar, pois acabaram! É bem simples, só farinha e água, sem mistério algum. Fica super sequinha e gostosa.. Só tem que ter um bom rolo de macarrão pra poder esticar ela bem e ficar bem fininha. Essa que é a parte demorada. Pra quem está sem tempo, recomendo as tortillas da Bimbo ou algum pão sírio (eu prefiro tortillas!).

Nós fizemos duas versões, de acordo com o que o pessoal estava afim de comer. Uma só de queijo e salada, para os vegetarianos, e uma com frango, pros carnívoros 😉 Achei que as duas ficaram gostosas.. Na de queijo acrescentamos cream cheese pra dar um tchans a mais, e na de frango, um pouco de sour cream caseiro pra deixar ele bem refrescante.

Vamos então a receita! 😉

Rende: vixi, essa daqui não dá nem pra dar medidas, é tudo de acordo com o que iam pedindo. Vou estimar para fazer 4 wraps de cada, ou seja, servem 4 esfomeados ou 8 pessoas light.. kkkk

Continue reading

Older posts

© 2017 Cafofo da Lu

Theme by Anders NorenUp ↑