thisbookisfullofspidersThis Book is Full of Spiders” (2012) do autor David Wong é a sequência do livro “John Dies at the End“. Nós voltamos para a cidade desconhecida, em algum lugar dos Estados Unidos, onde Dave e John estão novamente envolvidos em um caso misterioso e bizarro, onde uma série de eventos completamente ridículos (em uma grande parte causados pela incompetência dos dois) os levaram a um possível apocalipse. Eles agora terão que sobreviver uma invasão parasítica que torna humanos em algo quase como zumbis, porém mais agressivos, que só eles enxergam. Os humanos que não passaram pelo que eles passaram no primeiro livro, quando entraram em contato com uma droga chamada ‘Soy Sauce’, não enxergam estes parasitas até que seja tarde demais. Tentar salvar o mundo quando todos acham que você está completamente louco, não é a coisa mais fácil que existe, e Dave e John provam isto.

Eu dei muitas risadas neste livro, que nem no anterior. Me tornei muito fã do Jason Pargin (no caso, o nome verdadeiro do David Wong). Entre um pouquinho de nojo por causa das tripas e cenas pintadas na minha mente de forma assustadoramente realista, e as risadas que eu dava no meio disso tudo por causa do jeito que isto tudo acontecia e como o autor lida com isto, eu devorei este livro. Eu tenho pavor de terror mas este é tão mais ficção científica e comédia, que o terror fica pra trás. Outra coisa que me surpreendeu é que tem partes do livro que eu senti muita conexão com o mundo atual. Coisas inesperadamente profundas em um livro cheio de coisas doidas. Por exemplo, quando estiverem lendo, prestem atenção no discurso do Dr. Marconi, quando ele está falando com o Dave sobre o número Dunbar, ou sobre os zumbis. É fantástico! Dá pra notar neste livro que Pargin/Wong está muito mais maduro como autor, pois flui muito bem a história. Já estou sabendo que ele vai lançar mais um livro da série, e até antes de sair eu já estou louca pra ler. Recomendo pra todos que gostam de umas boas risadas! :)

Livro: This Book is Full of Spiders
Classificado como: